31

Imprimir

N6- GERALDO RODRIGUES,*01/11/1908 e faleceu em março de 2004.  Foi ele
sem dúvida um dos maiores nomes da história de Orlândia, intelectual notável, de caráter exemplar. Casado há 57 anos com sua prima Alda Cardoso Rodrigues. Tiveram oito filhos e cinco netos. Foi o responsável pelo desenho do Brasão da  cidade de Orlândia. Estudou no Ginásio Diocesano de Uberaba e mais tarde no Colégio São José
de Batatais. Em 1929 o Liceu Municipal de Orlândia , em franco crescimento , já não
suportava alugar tantas casas para acomodar os inúmeros alunos que recebia de toda a
região. Desta forma o professor Geraldo Rodrigues que era sócio proprietário, diretor e
professor de português e francês, responsabilizou-se pela construção de um prédio próprio, atual prédio escolar “Oswaldo Ribeiro Junqueira”.  Na época da revolução Constitucionalista de 1932, mesmo antes de alistar-se para a luta, Geraldo  já se reunia com jovens em salas de aula de seu ginásio, liderando um movimento que conspirava contra o governo de Getúlio Vargas.   Aposentou-se como professor de português em 1973, passando então a dedicar-se a escrever livros..  Publicou cinco livros, tendo como maior destaque “ Introdução Estética ao Estudo da Literatura”, escrito em 1949.  Outros livros: “ Sete Temas para Moços” (1972). “Fronteiras da Psicanálise”(1984), ‘Diálogo com o silêncio” (1984) e “ Caminhos e Crepúsculos”